Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Biblioteca + - Imprimir

Inicio » Biblioteca » Documentos Gerais » Como posso saber?

Como posso saber?

no dia 25 de Junho de 2013
Como posso saber?

 

Basta introduzir abaixo o URL da página que pretende analisar, e ser-lhe-á de imediato fornecido um relatório de acordo com as regras de acessibilidade que se expõem no ponto seguinte.

O Bobby dispõe de uma versão para ser utilizada off-line. No Bobby o relatório é produzido em Inglês e no TAW, o relatório é produzido em Espanhol.

Análise avançada com o TAW

Qual é o aspecto da minha página num Browser de Texto?
O lynx viewer é um Browser de texto para aceder à Internet. Aqui basta introduzir o URL da página que deseja visualizar e obterá de imediato uma simulação. Experimente o LynxViewer.

Que regras respeitar?
Desenhar páginas Web acessíveis, significa respeitar Os Requisitos de Visitabilidade, resultantes da resolução do Conselho de Ministros 97/99, e que correspondem ao mínimo exigível para que não fiquem um vasto número de pessoas impossibilitadas de aceder às suas páginas e as Directivas de Acessibilidade ao Conteúdo da Web do W3C.

Use a lista de Verificação!
A lista de confirmação dos pontos de verificação das Directivas de acessibilidade do conteúdo da Web 1.0 são um elemento chave para tornar o seu site acessível.

Veja em:
http://www.utad.pt/wai/full-checklist.html

Para quê desenhar páginas Web acessíveis?
Para responder à pergunta "o meu site é acessível?" tem que em primeiro lugar responder à pergunta "acessível a quem?"

Genericamente estamos a falar de Cidadãos com Necessidades Especiais, ou seja pessoas com deficiências e idosos, os quais para aceder à informação recorrem a sentidos ou a formas de interacção fora do comum.

Dos três sentidos que usualmente utilizamos para aceder à informação: visão, audição e tacto; este último muito utilizado por pessoas cegas, nem todos os seres humanos o usam da mesma forma.

Por exemplo as pessoas cegas, privadas da visão, fazem muito uso dos outros dois sentidos: audição e tacto. Os surdos, privados do sentido da audição, fazem uso da visão. Os surdocegos, fazem uso do tacto.

Pessoas com baixo resíduo visual usam normalmente esse resíduo mas de forma amplificada, usando para o efeito mecanismos de ampliação, como seja software.

Pessoas tetraplégicas, por exemplo não interagem com o computador através do teclado ou mesmo do vulgar rato. Necessitam de dispositivos apontadores, controlados por exemplo através dos movimentos da cabeça, do piscar de um olho e até mesmo com o "simples" pensamento.

As pessoas idosas padecem em grande medida dos mesmos problemas anteriormente referenciados.

Existe assim a necessidade de respeitar algumas regras de desenho Web para que pessoas com este tipo de incapacidades possam aceder à informação.

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não