Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Biblioteca + - Imprimir

Inicio » Biblioteca » Doenças e Sintomas letra - A » Arterite de células gigantes

Arterite de células gigantes

no dia 28 de Junho de 2013

O que é?

A arterite de células gigantes, que antigamente era conhecida por arterite temporal, é uma inflamação dos vasos sanguíneos de calibre médio a grande, que atinge mais frequentemente as artérias que irrigam a cabeça e os olhos. Esta inflamação causa o espessamento da parede das artérias, sobretudo das artérias temporais, levando a cefaleias e outros sintomas. Caso não haja tratamento a doença evolui e a inflamação das artérias oftálmicas pode acabar por levar à cegueira.



Como se manifesta?

Esta condição caracteriza-se por uma dor latejante num ou em ambos os lados da cabeça, frequentemente acompanhada de febre, dor na mandíbula, perda de apetite e dor à palpação da região temporal e, por vezes, visão desfocada ou mesmo perda da visão.



É uma situação que ocorre, tipicamente, em pessoas idosas, geralmente com idade superior a 55 anos.



Como se trata?

É uma doença grave que requer cuidados médicos imediatos.



O tratamento consiste na administração de altas doses de prednisolona, um corticosteróide, sendo que a maior parte das pessoas sente-se melhor com poucos dias de medicação. A dose vai sendo depois progressivamnete diminuida ao longo de um período que pode ir de 6 meses a 2 anos.



Como prevenir?

É uma doença que ocorre subitamente, em pessoas idosas, e para a qual não é conhecida qualquer prevenção.

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não