Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Notícia + - Imprimir

Inicio » Notícias » Dia Internacional de Consciencialização para a Esclerose Tuberosa
Imagem da Noticia

Dia Internacional de Consciencialização para a Esclerose Tuberosa

no dia 10 de Maio de 2017

A Associação de Esclerose Tuberosa em Portugal (AETN) está a preparar um “passaporte” para os doentes com esclerose tuberosa. O objetivo é assegurar a transição da idade pediátrica para a idade adulta e garantir que os doentes são acompanhados por equipas multidisciplinares nos hospitais.

“Temos vindo a falar muito sobre a importância das equipas multidisciplinares nos hospitais portugueses no acompanhamento correto de todos os doentes com esclerose tuberosa. Deste modo, decidimos criar um documento, inspirado no conceito do passaporte, que pretende garantir o registo de todas as consultas, com referência à especialidade, pelas quais o doente já passou. Ter esta informação compilada num único documento é fundamental para melhorar a gestão da doença”, revela Micaela Rozenberg, presidente da Associação de Esclerose Tuberosa.

“Acreditamos que com a criação deste registo, que conta com o apoio da Novartis, vamos dar um passo muito importante na melhoria da qualidade de vida destes doentes, na forma como as famílias se conseguem organizar, para além de conseguirmos colmatar uma lacuna existente em Portugal no que refere ao tratamento multidisciplinar desta doença”, acrescenta.

No âmbito do Dia Internacional de Consciencialização para a Esclerose Tuberosa, que se assinala a 15 de maio, Micaela Rozenberg fala ainda sobre a preocupação constante com o controlo da epilepsia nestes doentes, referindo que “80% dos doentes com esclerose tuberosa sofrem de epilepsia e cerca de um terço das crianças com a doença apresentam dificuldades de aprendizagem, atraso de desenvolvimento e deficiência intelectual, sendo que estes problemas estão relacionados com a ocorrência de espasmos infantil e de um mau controlo da epilepsia”.

Para assinalar o dia, a AETN vai realizar, no dia 15 de maio, pelas 14h, uma sessão de sensibilização para a inclusão dos doentes com Esclerose Tuberosa, na Escola Básica Prista Monteiro, em Lisboa. Esta escola integra crianças com necessidades especiais e é um exemplo de inclusão que importa dar a conhecer como forma de inspirar outras famílias para a importância do espaço Escola ser um espaço de inclusão e de interajuda. A “Hora do Conto” consiste na leitura de uma obra infantil, denominada “Turbo & SCott”, que retrata a história de uma criança com a doença e pretende fazer o apelo à inclusão de um aluno com esclerose tuberosa junto da comunidade escolar.

Ainda no âmbito das comemorações deste dia internacional, a associação vai também realizar um piquenique no dia 21 de maio, às 11h, no Jardim Zoológico da Maia, onde vai juntar famílias de todo o país com esta patologia.

 

A esclerose tuberosa afeta cerca de 1600 pessoas em Portugal e é definida como um distúrbio genético que se traduz no desenvolvimento de tumores benignos em órgãos vitais como o coração, olhos, cérebro, rins, pulmões e pele. O crescimento destes tumores revela um comportamento agressivo porque ameaça a função dos órgãos atingidos. Dois terços dos diagnósticos são novos casos da doença sem antecedentes familiares e um terço são casos hereditários. Quando se manifesta pode provocar epilepsia, autismo ou défice cognitivo.

Mais informações em www.esclerosetuberosa.org.pt

 

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não