Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Notícia + - Imprimir

Inicio » Notícias » “EM Roda-Viva”
Imagem da Noticia

“EM Roda-Viva”

no dia 26 de Abril de 2018

Várias foram as figuras públicas que aceitaram o desafio da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) e se juntaram, ontem, no Anfiteatro Alameda Keil do Amaral, para dar as mãos e formarem “EM Roda-Viva”, uma roda pelas pessoas com esclerose múltipla e pelos cuidadores. A divulgação da roda será feita no Dia Mundial da Esclerose Múltipla, que se assinala a 30 de maio.

O conceito “EM Roda-Viva” é muito simples, visa sensibilizar para a doença e explicar que por trás de cada pessoa diagnosticada com Esclerose Múltipla existe uma roda de pessoas, que passam também a relacionar-se com a doença. A família, os colegas de trabalho, vizinhos, amigos... todos passam a conhecer e a conviver com a doença.

André Nunes, Chakall, João Cabral, Lúcia Garcia, Patrícia André, Ricardo Carriço, Rita Cruz, Sara Santos, Sofia Novais de Paula e Tony Carreira foram as figuras públicas que se envolveram nesta causa. (Fotografias aqui)

A Esclerose Múltipla é uma doença crónica, inflamatória e degenerativa, que surge frequentemente entre os 20 e os 40 anos de idade. Em Portugal estima-se que afete cerca de 8 mil pessoas, na sua maioria mulheres.

O movimento “Em Roda-Viva” é promovido pela Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), em parceria com a Associação Nacional de Esclerose Múltipla (ANEM), Associação Todos com a Esclerose Múltipla (TEM), Movimento Esclerose Múltipla do Médio Tejo (MEMMT) e conta com o apoio da Roche Farmacêutica.

 

 

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não