Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Notícia + - Imprimir

Inicio » Notícias » Misericórdias querem apoiar doente crónico
Imagem da Noticia

Misericórdias querem apoiar doente crónico

no dia 22 de Março de 2004
Desde Dezembro do ano passado que três Misericórdias estão prontas a iniciar projectos de apoio a doentes crónicos sem necessidades de hospitalização. Além desta inciativa, que se estenderá também a outras 38 misericórdias, a cooperação com o sector da saúde visa ainda protocolos com a tutela, para evitar que se constituam listas de espera nalgumas áreas. De acordo com os dados do Grupo Misericórdias-Saúde, a que a Agência Lusa teve acesso, as Misericórdias de Condeixa-a-Nova e Vila Nova de Poiares, em Coimbra, e a de Felgueiras, no distrito do Porto, podem avançar já este ano com unidades de cuidados continuados de saúde. Os cuidados paliativos constituem um sector no qual o Grupo Misericórdias-Saúde - constituído em Março e que reúne as 36 principais Misericórdias com actividade nesta área -, pretende investir no futuro e em relação ao qual entregou já algumas propostas ao Ministério da Saúde. Para evitar listas de espera, o grupo está a negociar também protocolos de complementaridade entre os seus hospitais e as unidades públicas. A nossa actuação é naquilo de que as pessoas padecem normalmente, as hérnias, os problemas vasculares, as doenças das mulheres, das crianças, dos idosos, precisou Manuel Lemos, presidente do Grupo Misericórdias-Saúde. Fonte:Diario de Noticias [Fim de Noticia]

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não