Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Notícia + - Imprimir

Inicio » Notícias » Goalball:
Imagem da Noticia

Goalball:

no dia 24 de Abril de 2005
Viana do Castelo é este fim- de-semana a "capital" do goalball, uma modalidade que surgiu logo após a II Guerra Mundial, para tentar melhorar a reabilitação dos veteranos de guerra que cegaram em combate. Aquela cidade acolhe sábado e hoje a 4 jornada do Campeonato Nacional de Goalball, uma modalidade que se joga de olhos vendados e preferencialmente destinada a cegos, mas que também pode praticada por amblíopes e normovisuais. Cada equipa é composta por três jogadores, dois dos quais têm obrigatoriamente que ser cegos, sendo o jogo uma espécie de "matraquilhos de baliza a baliza", com a diferença de que a bola, com um peso total de 1.250 gramas e com três guizos dentro, é arremessada com as mãos. Segundo a delegação de Braga da Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, que organiza esta jornada, o goalball é o primeiro desporto criado especificamente para deficientes visuais, ou seja, que não deriva de nenhuma modalidade já existente. "é um desporto fundamental para a melhoria da orientação e mobilidade, aspecto importante para a independência e autonomia da pessoa com deficiência visual", disse a mesma fonte, sublinhando o contributo do goalball para o pleno exercício das capacidades sociais dos atletas e o seu bem-estar físico. O objectivo é introduzir a bola na baliza do adversário, que tem uma largura total de 9 metros e que é defendida pelos três elementos da outra equipa, disputando-se o jogo numa toada de "parada e resposta". A bola tem que ser lançada de dentro da grande área, o que, tendo em conta o peso da mesma e o tamanho do campo, igual a um recinto de voleibol, provoca um grande dispêndio de energias, pelo que uma partida de goalball apenas dura 20 minutos, com um intervalo a meio. Quando uma equipa ataca, os jogadores da equipa adversária funcionam todos como guarda-redes. O campo é marcado com linhas tácteis, para os jogadores se orientarem, tendo este jogo ainda a particularidade de a assistência ser obrigada a manter-se em silêncio, para que os atletas ouçam os guizos que a bola transporta. A única ocasião em que a assistência se pode manifestar é quando acontece um golo. O Campeonato Nacional de Goalball é composto por um total de nove jornadas. Fonte: [Fim de Notícia]

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não