Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Notícia + - Imprimir

Inicio » Notícias » Excesso de ozono no ar: primeira vez este ano
Imagem da Noticia

Excesso de ozono no ar: primeira vez este ano

no dia 12 de Julho de 2006
A poluição por ozono ultrapassou segunda-feira, pela primeira vez este ano, no interior norte do país, os níveis de alerta a partir do quais as autoridades recomendam à população cuidados especiais para proteger a saúde. A notícia é avançada pela Agência Lusa. O ozono é um poderoso oxidante, que pode provocar dificuldades respiratórias e irritações nos olhos, nariz e garganta, particularmente em grupos sensíveis, e é apontado como um dos maiores responsáveis por perdas agrícolas e danos na vegetação. O alerta surgiu no concelho de Vila Real, onde a estação de medição da qualidade do ar de Lamas de Olo registou nas horas de maior calor - entre as 15:00 e as 16:00 - níveis de poluição de 248 e 258 microgramas de ozono por metro cúbico (mg/m3), segundo dados do Instituto do Ambiente disponíveis na sua página na Internet. Por lei, uma vez ultrapassada uma emissão de 180 microgramas de ozono por metro cúbico de ar as autoridades ambientais - as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) - ficam obrigadas a informar o público da ocorrência. Esta obrigatoriedade existe porque, a partir daquele limite, o ozono poder provocar efeitos na saúde humana, mesmo em caso de exposição de curta duração. Quando é ultrapassado o limiar de informação ao público, o Instituto do Ambiente recomenda às pessoas mais sensíveis (crianças, idosos, asmáticos) que evitem inalar uma grande quantidade de ar poluído, especialmente durante a tarde (o período mais quente), afastando-se sobretudo das zonas de maior tráfego rodoviário. No Verão, em Portugal é frequente a ocorrência destas ultrapassagens, sendo que só no ano passado os níveis de alerta foram excedidos em 25 dias, entre Maio e Outubro. Fonte:Portugal Diário [Fim de Notícia]

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não