Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Notícia + - Imprimir

Inicio » Notícias » Dia Mundial do Coração-27 de Setembro
Imagem da Noticia

Dia Mundial do Coração-27 de Setembro

no dia 24 de Setembro de 2009
Resultados do maior ensaio clínico já efectuado de fibrilhação auricular, designado RE-LY, revelam redução de risco de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e hemorragias, através de uma terapêutica anticoagulante oral, em doentes com fibrilhação auricular (FA) a mais comum forma de arritmia. No estudo RE-LY participaram 18.113 doentes de 44 países (incluindo Portugal). Os resultados do estudo RE-LY, divulgados recentemente em Barcelona, revelam que a substância dabigatran etexilate é o único anticoagulante oral a superar a terapêutica que se efectua há mais de 50 anos, a varfarina, na prevenção de AVCs em doentes com fibrilhação auricular, demonstrando de forma significativa: Redução do risco de AVC e embolia sistémica - incluindo AVC hemorrágico Diminuição do risco hemorrágico incluindo hemorragias fatais e intra cranianas Redução de mortalidade por causas vasculares Os resultados demonstram que dabigatran etexilate, na dose de 150mg, duas vezes ao dia, reduz significativamente o risco de AVC e de embolia sistémica em 34%, em pacientes com FA, em comparação com a varfarina, sem aumentar o risco de hemorragia grave. A dosagem de dabigatran etexilate de 110mg, duas vezes ao dia, claramente demonstrou reduções semelhantes de risco de AVC e embolia sistémica em relação à varfarina bem controlada, e demonstrou uma redução impressionante de 20% nas taxas de hemorragia grave, em comparação com a varfarina. Igualmente impressionantes são os resultados secundários alcançados, incluindo a superior redução dos AVCs hemorrágicos, em ambas as dosagens de 150mg e 110mg por dia, e uma redução de mortalidade por causas vasculares com a dosagem de 150mg duas vezes por dia. As duas dosagens demonstraram uma superior redução no risco de morte por hemorragia fatal, e intracraniana. Cerca de 3 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de AVCs relacionados com FA todos os anos, que tendem a ser especialmente graves e incapacitantes, chegando mesmo metade destas pessoas a morrer, todos os anos. Tendo em consideração apenas a potencial redução do risco de AVC, e transportando os resultados do estudo RE-LY para a prática clínica, a toma de 150mg de dabigatran etexilate, duas vezes por dia, poderá evitar cerca de 3.000 AVCs por dia em todo o mundo, comparativamente à toma de varfarina. O impacto clínico e económico será ainda maior se considerarmos a redução do risco hemorrágico. Fonte:Grupogci [Fim de Notícia]

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não