Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Notícia + - Imprimir

Inicio » Notícias » No Dia Mundial da Luta Contra o Cancro
Imagem da Noticia

No Dia Mundial da Luta Contra o Cancro

no dia 03 de Fevereiro de 2011
Mulheres são as maiores utilizadoras e o cancro da mama é o que suscita mais dúvidas. Três quartos dos utentes da Linha Cancro são mulheres e os tipos de patologia directamente indexados ao sexo feminino representam 33,7% das chamadas: cancro da mama (30%) e cancro do colo do útero (3,7%). No dia do aniversário da Linha Cancro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro faz um balanço de 2010: foram atendidas mais de 2.200 chamadas e respondidos mais de 470 e-mails. Não são só as mulheres que procuram a Linha Cancro: o cancro da próstata registou uma procura na ordem dos 3,4%. Ainda assim, regista-se um elevado nível de anonimato, pelos 27% de utentes que não sabiam ou preferiram não responder sobre o tipo de cancro que pretendiam informação. 62,5% dos utentes desta linha são os próprios doentes em detrimento dos 37,5% de familiares que procuram a Linha Cancro. 26,4% dos utilizadores procurou informação sobre a doença, 20,7% quis saber mais informação sobre os direitos gerais das pessoas com cancro, 16,7% não especificaram e 9,6% procuraram apoio psicológico. Estes motivos principais representam 73,4% do total de ocorrências registadas. O tempo médio de interacção numa chamada em 2010 é de oito minutos e meio. Estamos satisfeitos com os resultados deste projecto. A Liga conta com o aumento de chamadas durante este ano, para chegar a mais pessoas e dar o apoio necessário na luta contra a doença, antevê Carlos de Oliveira, presidente da Liga Portuguesa Contra o Cancro. 42,6% das chamadas em 2010 provêem do distrito de Lisboa, 16,8% do Porto e 4,9% de Coimbra. Os dez distritos com maior representatividade apresentam 88,3% dos utentes da Linha Cancro. Em suma, mais de 50% dos contactos recebidos são oriundos de distritos localizados no sul do país. O dia da semana em que se regista uma maior afluência é a segunda-feira (23%) e a maior procura concentra-se entre as 11 e as 16 horas. Sobre a Linha Cancro: Criada em Setembro de 2007, em fase piloto, e inaugurada a 4 de Fevereiro de 2008, é uma linha de apoio à pessoa com cancro e seus familiares da Liga Portuguesa Contra o Cancro, com a colaboração da Sanofi Pasteur MSD. A ajuda disponibilizada na Linha Cancro centra-se em quatro áreas de intervenção: o apoio social, o apoio emocional, o esclarecimento sobre a respectiva legislação e os direitos da pessoa com doença oncológica, além de informações sobre a doença e o seu respectivo tratamento. O número 808 255 255 funciona de segunda a sexta-feira, entre as 9h e as 18h e através do e-mail: linhacancro@ligacontracancro.pt Este serviço é constituído por uma equipa de enfermeiros e psicólogos especializados em oncologia, disponíveis para motivar e complementar o acompanhamento médico. Fonte:Ideias Concertadas [Fim de Notícia]

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não