Nesta página encontra 2 elementos auxiliares de navegação:Motor de busca | Saltar para o conteúdo

Portal do Cidadão com Deficiência

Associação Portuguesa de Deficientes Delegação S.Miguel

Navegação

Em conformidade com a Acessibilidade Web:

Símbolo de
Acessibilidade à Web Acessibilidade Certificada Validação W3C WAI-AAA Validação W3C CSS Validação W3C XHTML

Poesia + - Imprimir

MANHãS FRIAS

MANHãS FRIAS Vi no teu jardim muitas flores e havia Também muita dedicação, muito querer Foi isso que observei, quando nesse dia Me convidaste a ir lá, para te aparecer. Querias saber de mim, querias contar-me O que é viver sozinha, nesse isolamento Contaste-me tudo mas não vou lamentar-me Porque eu vivo igual a ti, neste momento A questão pode não ser fácil de resolver Mas até pode, se formos os dois a querer Tornar alegres e com mais brilho os dias Que juntos poderemos ainda percorrer Se for esse o destino que nos resta viver E tornar mais quentes essas manhãs frias. João Brito Sousa

JOãO BRITO SOUSA
no dia 03 de Janeiro de 1970

EM DESTAQUE

PRÓXIMOS EVENTOS

Mais Eventos

INQUÉRITO

Março é o mês da Saúde dos Pés. Já consultou um Podologista?

  • Sim
  • Não